terça-feira, 1 de outubro de 2019

No meu copo 792 - Quinta do Gradil, Sauvignon Blanc e Arinto 2018

Um convite da Parras Wines levou-me, juntamente com outros dois enófilos e bloggers, à Quinta do Gradil para uma apresentação de alguns novos vinhos e novas colheitas de vinhos já existentes.

O evento consistiu numa pequena visita às instalações principais, uma prova de alguns vinhos a acompanhar entradas e finalmente um jantar com menu elaborado para a ocasião. Disto falaremos proximamente num post específico.

No final do jantar ainda nos foram oferecidos alguns vinhos (dois brancos, um tinto e um rosé) para trazermos para casa. É dum desses brancos que agora aqui se fala.

Este é mais ou menos um clássico nas nossas mesas, embora a última prova remonte há cerca de 3 anos, mas sempre se constituiu como uma aposta segura numa gama abaixo dos 5 €.

Mantém as características que dele esperamos: boa acidez e frescura na boca, aromas com notas de algum citrino, frutos brancos e tropicais, estrutura média e final com boa persistência e vivacidade.

E não há muito mais para acrescentar, é um vinho que vale sempre a pena revisitar e nunca nos desilude.

Surpresa, surpresa, foi o Alvarinho, anunciado como “um branco que vai dar que falar”... Mas esse ainda está guardado à espera duma segunda prova.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Vinho: Quinta do Gradil, Sauvignon Blanc e Arinto 2018 (B)
Região: Lisboa (Óbidos)
Produtor: Quinta do Gradil - Sociedade Vitivinícola
Grau alcoólico: 12,5%
Castas: Sauvignon Blanc, Arinto
Preço em feira de vinhos: 4,79 €
Nota (0 a 10): 7,5

Sem comentários: