terça-feira, 7 de abril de 2015

No meu copo 444 - Trinca Bolotas 2013

A Sogrape continua a acrescentar novidades ao seu portefólio com o lançamento de novas marcas. Depois de o Papa Figos ter integrado a gama da Casa Ferreirinha, com uma referência a uma ave do Douro, chegou agora a vez da Herdade do Peso apresentar um novo rótulo, o Trinca Bolotas, numa homenagem ao suíno alentejano.

Este novo vinho entra na gama média, próximo do Herdade do Peso Colheita. Com um perfil robusto e algo agreste, em que o álcool está bastante presente e os taninos com muitas arestas, parece ser um vinho demasiado novo para consumir e a que falta tempo de garrafa.

Claro que após uma única prova deste vinho é prematuro tirar conclusões definitivas, pois esta foi a primeira colheita lançada no mercado, outras se seguirão e poderá haver alguns ajustes no perfil do vinho. No entanto, não convenceu grandemente e, principalmente, não pareceu acrescentar nada de relevante à gama da marca, pois o Herdade do Peso Colheita parece ser mais equilibrado e com uma relação qualidade/preço mais atractiva. Na generalidade, os vinhos provenientes da Herdade do Peso têm primado por uma qualidade elevada (impossível esquecer o fabuloso Alfrocheiro de 2000), pelo que fica a dúvida acerca do lugar onde este Trinca bolotas se irá encaixar.

A Sogrape sempre nos habituou a vinhos de qualidade acima da média e com excelentes relações qualidade/preço, pois “não sabe fazer vinhos maus” (a frase é nossa). No entanto, num portefólio tão vasto, que engloba várias regiões e dezenas de marcas que vão desde o Mateus Rosé ao Barca Velha, nem todos podem ser excelentes e haverá sempre alguns produtos menos bem conseguidos. Resta-nos aguardar por novas colheitas para fazer a contraprova.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Vinho: Trinca Bolotas 2013 (T)
Região: Alentejo (Vidigueira)
Produtor: Sogrape Vinhos
Grau alcoólico: 14%
Castas: Alicante Bouschet, Touriga Nacional, Aragonês
Preço em feira de vinhos: 5,99 €
Nota (0 a 10): 7

Sem comentários: