terça-feira, 23 de dezembro de 2014

No meu copo 422 - Reguengos: Reserva tinto 2005; Reserva branco 2011

Iniciamos agora um pequeno périplo por alguns vinhos alentejanos, uns mais conhecidos que outros.

Começamos por Reguengos de Monsaraz, uma das nossas sub-regiões preferidas. Da Cooperativa Agrícola sai há longos anos este Reguengos Reserva tinto que tem mantido um perfil e uma qualidade consistentes (ver aqui colheitas anteriores). O preço, entretanto, foi baixando, ao ponto de chegar a um patamar onde o vinho é muito melhor do que aquilo que custa. Continua também a ser um vinho que vale a pena guardar algum tempo em vez de o beber em novo, pois normalmente melhora com o tempo em garrafa.

Esta colheita de 2005 confirmou essa impressão. Com 9 anos de idade, apresentou-se com grande frescura, com todos os aromas e sabores bem integrados, taninos macios embora ainda presentes. Aroma vinoso, intenso, com notas de frutos pretos. Encorpado, bem estruturado e robusto, persistente e com final marcado por um toque de madeira e especiarias.

Continua a ser um bom vinho para pratos de carne fortes e bem temperados, como a típica cozinha alentejana. E continua a ser um vinho que gostamos de ter sempre em stock, pois normalmente porta-se à altura.

Novidade, desta vez, foi a prova do Reserva branco, que nunca tínhamos experimentado. Apresentou um volume de boca interessante, aroma discreto com notas a frutos brancos e amarelos, um ligeiro toque vegetal e herbáceo, acidez suave e final mediano. Não é um vinho de qualidade média/alta ao nível do tinto, mas faz uma boa companhia a pratos de peixe não muito complexos nem condimentados. Não desilude e não é um daqueles brancos pesados que aparecem muitas vezes no Alentejo.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Região: Alentejo (Reguengos)
Produtor: CARMIM - Cooperativa Agrícola de Reguengos de Monsaraz

Vinho: Reguengos Reserva 2005 (T)
Grau alcoólico: 14%
Castas: Trincadeira, Aragonês, Tinta Caiada, Alicante Bouschet
Preço em feira de vinhos: 2,59 €
Nota (0 a 10): 8

Vinho: Reguengos Reserva 2011 (B)
Grau alcoólico: 13,5%
Castas: Arinto, Antão Vaz
Preço em feira de vinhos: 3,99 €
Nota (0 a 10): 7

Sem comentários: