sábado, 13 de abril de 2013

No meu copo 309 - Os novos brancos da Aveleda

Quinta da Aveleda Colheita Selecionada, Loureiro e Alvarinho 2011; Aveleda Colheita Selecionada, Alvarinho 2011; Douro Aveleda 2011


  

Ainda não há muito tempo eu procurava no mercado os Follies da Aveleda baseados em castas como Alvarinho, Loureiro (na região dos vinhos verdes), Chardonnay e Maria Gomes (na Bairrada), pois não são fáceis de encontrar no mercado.

Mas eis que surge uma campanha que anuncia uma nova etapa e novos brancos começam a surgir nas prateleiras com uma nova imagem a enroupar das garrafas. Paralelamente alguns programas televisivos da especialidade ajudam a dar visibilidade aos “novos brancos”. Desde logo a minha atenção se virou primeiro para os verdes, região por excelência onde os brancos da Quinta da Aveleda ganharam nome.

Desta nova era tive oportunidade de provar 3 das novidades mais a norte, deixando para outra ocasião o bairradino “Reserva da Família”, até porque o preço impõe maior contenção na sua compra.

Começando pelo mais barato, o verde feito com Loureiro e Alvarinho segue a linha habitual dos verdes de lote, conseguindo juntar o melhor das duas castas mais conceituadas da região. Vinho leve, fresco, aromático quanto baste, com predominância floral no aroma, muito fácil de beber, o vinho típico de Verão para comidas leves e tempo quente, a dar uma prova muito agradável.

O Alvarinho aparece num patamar acima, com notas tropicais, macio, suave, com corpo e persistência médias. Não é um vinho encantador para entrar na galeria dos grandes Alvarinhos, mas pelo preço que custa é uma excelente aposta para quem quiser provar um Alvarinho pouco dispendioso e com uma relação qualidade preço praticamente imbatível.

Finalmente o branco do Douro. Meio seco, com equilíbrio entre boa acidez, corpo e estrutura, algum floral e alguma mineralidade. Pede pratos de peixe com alguma consistência mas cuidado, nada de exagero nos temperos pois poderão abafar a delicadeza do vinho. Não é um branco para aqueles pratos de bacalhau muito gordos.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Produtor: Aveleda Vinhos

Vinho: Quinta da Aveleda Colheita Selecionada, Loureiro e Alvarinho 2011 (B)
Região: Regional Minho
Grau alcoólico: 11,5%
Castas: Loureiro, Alvarinho
Preço em feira de vinhos: 3,59 €
Nota (0 a 10): 7

Vinho: Aveleda Colheita Selecionada, Alvarinho 2011 (B)
Região: Vinhos Verdes
Grau alcoólico: 12,5%
Casta: Alvarinho
Preço em feira de vinhos: 4,99 €
Nota (0 a 10): 8

Vinho: Aveleda 2011 (B)
Região: Douro
Grau alcoólico: 12%
Castas: Gouveio, Malvasia, Moscatel
Preço em feira de vinhos: 3,97 €
Nota (0 a 10): 7,5

Sem comentários: