segunda-feira, 11 de junho de 2012

No meu copo 280 - Aurius 2002

Numa das provas a que nos deslocámos recentemente na Wine o’Clock, eu e o Mancha tivemos a oportunidade e o prazer de assistir a mais uma lição dada pelo engenheiro químico-industrial, produtor, enólogo, cozinheiro, gastrónomo gourmet (e sei lá que mais) José Bento dos Santos. Como já tive oportunidade de confidenciar aos comparsas em mais de uma ocasião, há alguns destes mestres do vinho que são uma lição para quem os ouve. Só para ouvi-los valeria a pena a deslocação, mesmo que não houvesse vinho para provar. José Bento dos Santos é um deles (Luís Pato, o “Senhor Bairrada”, é outro).

Na dita prova percorreu-se praticamente todo o portefólio de vinhos da Quinta do Monte d’Oiro: Lybra (branco e tinto), Madrigal, Têmpera, Aurius, Quinta do Monte d’Oiro Reserva.

Foi na prova do Aurius que surgiu a grande surpresa, quando confrontámos o 2007 com o 2002. Este apresentou-se com uma saúde, uma vivacidade e uma frescura na boca notáveis. De tal forma que, mesmo estando ao dobro do preço do 2007 (cerca de 38 € contra 19 €), resolvemos adquirir uma garrafa desta colheita para partilhar com a comunidade gastrónomo-etilista do costume. Com a vantagem de, sendo dia de prova, haver um desconto de 15% no preço, pelo que acabámos por desembolsar 33,04 €.

A abertura da garrafa efectuou-se no dia seguinte, acompanhada de um Vinha da Nora 2005 dos que ainda constam da minha garrafeira. A degustação confirmou as impressões recolhidas na prova da Wine o’Clock. A elegância típica dos vinhos da Quinta, com os aromas muito harmoniosos a par com uma suavidade e finesse notáveis, na linha daquilo que já escrevi acerca do Vinha da Nora como sendo um vinho aristocrático.

Pessoalmente este vinho encantou-me e entrou directamente para a minha galeria dos notáveis, daqueles que nos fazem esquecer por momentos o seu custo elevado e em que o prazer obtido supera aquilo que se pagou. Notável, de facto!

Kroniketas, enófilo esclarecido

Vinho: Aurius 2002 (T)
Região: Lisboa (Alenquer)
Produtor: José Bento dos Santos - Quinta do Monte d’Oiro
Grau alcoólico: 14,5%
Casta: Touriga Nacional, Syrah, Tinta Roriz, Petit Verdot
Preço: 38,85 €
Nota (0 a 10): 9

Sem comentários: