quarta-feira, 8 de agosto de 2018

No meu copo 692 - João Portugal Ramos, Loureiro 2014 e 2017

Voltamos ao universo dos vinhos de João Portugal Ramos, agora com duas colheitas do verde monocasta elaborado com Loureiro.

Se o Alvarinho é o ex-libris de toda a região dos Vinhos Verdes e a casta emblemática de Monção e Melgaço, o Loureiro é-o em Ponte de Lima e Ponte da Barca. Juntas fazem muito bons lotes, mas o Loureiro tem ganho algum protagonismo e saído da sombra, permitindo-nos apreciar as suas características a solo.

Na realidade, este vinho não é 100% Loureiro, pois contém 15% de Alvarinho no lote, percentagem que segundo a legislação portuguesa permite denominá-lo como monocasta.

Estas duas colheitas não estavam muito diferentes, embora a de 2014 já mostrasse menos intensidade aromática. No conjunto, mostraram-se dois vinhos elegantes, com aromas predominantemente florais e algum cítrico (lima, limão), com uma discreta mineralidade.

É um vinho descomplicado, para beber descomplicadamente. Aprecie-se com saladas, entradas frias ou mariscos e fará um par perfeito numa tarde ou noite de Verão.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Região: Vinho Verde
Produtor: João Portugal Ramos Vinhos
Preço em feira de vinhos: 2,84 €

Vinho: João Portugal Ramos, Loureiro 2014 (B)
Grau alcoólico: 12%
Castas: Loureiro (85%), Alvarinho (15%)
Nota (0 a 10): 7

Vinho: João Portugal Ramos, Loureiro 2017 (B)
Grau alcoólico: 12%
Castas: Loureiro (85%), Alvarinho (15%)
Nota (0 a 10): 7


Fotos das garrafas obtidas no site do produtor

Sem comentários: