domingo, 29 de julho de 2018

No meu copo 689 - Quinta do Gradil, Petit Verdot 2012

Continuamos na vasta região vitivinícola de Lisboa, agora rumando bem mais para norte, para um dos nomes mais importantes da região.

A Quinta do Gradil, situada junto à povoação de Vilar, próxima do Cadaval, possui um largo portefólio de vinhos brancos, tintos e rosés, com destaque para vários mono ou bi-varietais, geralmente com uma qualidade acima da média. Já aqui provámos mais de uma vez o belíssimo branco de Arinto e Sauvignon Blanc, um dos nossos preferidos e que nunca nos deixou ficar mal, e já estivemos no restaurante da quinta, mas dessa ocasião falaremos oportunamente.

Desta vez falamos dum tinto monocasta Petit Verdot, uma casta originária de Bordéus que tem vindo a aparecer de modo algo esparso em Portugal, sendo poucos os produtores que apostam nela a solo. Já provámos um do Esporão e pouco mais que isso.

É uma casta que talvez ainda não esteja tão bem estudada como outras, e por isso aparece timidamente. Mas as provas realizadas são satisfatórias. Os vinhos são bastante encorpados, de cor grená opaca, mostrando-se de aroma fechado no início e com os taninos algo agrestes.

Esta colheita de 2012 precisou de respirar algum tempo para se mostrar no copo. Algum tempo depois de aberto os aromas libertaram-se e o corpo amaciou, mostrando-se então mais redondo e suave. Na boca uma estrutura robusta envolvia taninos bem firmes mas já mais redondos, com persistência num fim de boca longo. No aroma mostrou notas de fruta preta e do bosque, com madeira muito discreta.

É um vinho para acompanhar pratos exigentes de carne, bem temperados, pois a sua estrutura e acidez batem-se bem com temperos desafiantes. Tudo intenso mas sem exageros, sem ser daqueles vinhos muito extraídos e cansativos. E com um preço bastante simpático para aquilo que temos na garrafa.

Prova do tempo superada com distinção, pois mostrou ainda evidentes sinais de juventude.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Vinho: Quinta do Gradil, Petit Verdot 2012 (T)
Região: Lisboa (Óbidos)
Produtor: Quinta do Gradil, Sociedade Vitivinícola
Grau alcoólico: 13%
Casta: Petit Verdot
Preço em feira de vinhos: 5,99 €
Nota (0 a 10): 8

Sem comentários: