sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

No meu copo, na minha mesa 582 - Monte Mayor Reserva tinto 2014; Restaurante A Escola (Cachopos - Alcácer do Sal)



O restaurante A Escola, localizado na estrada que liga Alcácer do Sal à Comporta, é um caso notável de sucesso que se poderia considerar improvável. Não fica num local de passagem, não fica muito perto de nenhum grande centro urbano, só tem campo à volta. Tem de se ir lá de propósito. E as pessoas vão.

Esta foi a terceira tentativa para nos sentarmos à mesa deste restaurante. As duas passagens anteriores encontraram uma sala a abarrotar e muita gente à espera. Desta vez, aproveitando um fim-de-semana de Inverno, marquei mesa com 24 horas de antecedência, e mesmo assim a sala estava cheia quando lá cheguei.

Segundo rezam as crónicas, este antigo edifício de uma escola primária foi colocado à venda e alguém teve a visão de criar aqui um restaurante de gastronomia regional. E assim nasceu aquele que, hoje em dia, poderá ser considerado um dos ícones da gastronomia nacional.

A sala de refeições não é muito grande, portanto não espere chegar e sentar-se sem fazer reserva. O atendimento é excelente, simpático, sempre disponível e nunca pára. Os clientes são aconselhados nas escolhas, sendo que as tendências pendem, maioritariamente, para aqueles que parecem ser os pratos mais emblemáticos da casa: a empada de coelho bravo com arroz de pinhões – ou não estivéssemos junto a uma zona de pinhal – que é apresentada em forma de torta, e a perdiz na púcara. Este apresentou-se muito apaladada, embora talvez com excesso de caldo, que poderia ter apurado um pouco mais. A empada (terceira foto) também é excelente, muito bem temperada e substancial.

A garrafeira é vasta, predominando os vinhos do Alentejo e da Península de Setúbal. Existe um armário climatizado para tintos e outro para brancos, sendo que este tem duas temperaturas distintas. Destacam-se os vinhos da Adega Mayor (que fornece, entre outros artigos, os aventais), estando disponível praticamente todo o portefólio da empresa. Tentei provar o Vitorino, que não havia. O Reserva do Comendador e o Pai Chão apresentavam-se demasiado caros para beber em restaurante, pelo que arrisquei no Monte Mayor Reserva, cuja prova anterior não tinha convencido.

Mesmo sem pedir, o vinho foi desde logo decantado, o que ajudou a amaciar a prova. A temperatura de serviço estava no ponto, o que se saúda, para o que o armário climatizado contribui de forma decisiva. Felizmente vai-se encontrando quem saiba tratar o vinho como este merece.

O Monte Mayor Reserva 2014 tem os mesmos 14,5% do 2013, que não tinha convencido, mas mostrou-se mais macio e apropriado para os pratos de caça, mais exigentes. Apresenta-se com uma cor rubi concentrada, aroma intenso e frutado com notas de frutos vermlhos, mas mais interessante no nariz que na boca. No paladar apresenta algum especiado mas ficou algo curto. Melhor que na prova anterior, embora sem deslumbrar.

Em resumo: uma excelente refeição num restaurante que é obrigatório conhecer. Vale a pena a deslocação.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Restaurante: A Escola
Estrada Nacional 253, Cachopos
7580-308 Alcácer do Sal
Tel: 265.612.816
Preço médio por refeição: 25 €
Nota (0 a 5): 4,5

Vinho: Monte Mayor Reserva 2014 (T)
Região: Alentejo (Campo Maior)
Produtor: Adega Mayor
Grau alcoólico: 14,5%
Castas: Aragonês, Touriga Nacional, Alicante Bouschet
Preço em feira de vinhos: 7,75 €
Nota (0 a 10): 7,5

Sem comentários: