quarta-feira, 30 de março de 2016

Gala de Vinhos do Tejo 2016





Decorreu no passado dia 5 de Março no CNEMA, em Santarém, a Gala de Vinhos do Tejo 2016, organizada pela Confraria Enófila Nossa Senhora do Tejo em parceria com a Comissão Vitivinícola Regional do Tejo.

Durante a cerimónia foram entregues os prémios Empresa Dinamismo, Empresa Excelência e Enólogo do Ano, bem como os prémios do VII Concurso de Vinhos Engarrafados do Tejo e do Tejo Gourmet 2015.

Este blog teve a honra de ser convidado pela organização para estar presente, o que fizemos com todo o prazer, abdicando de assistir em directo ao derby Sporting-Benfica que decorria à mesma hora. Mas, como na altura pensei, derbies há muitos e galas não há assim tantas...

Numa sala decorada em tons de vermelho (parecia premonição…) e com mesas postas para cerca de 320 pessoas, a noite iniciou-se com um cocktail onde pudemos começar a degustar os vinhos premiados, que estavam espalhados por diversas mesas, ao mesmo tempo que provávamos os acepipes que iam passando.

Cerca de uma hora depois, passámos às mesas onde iria ser servido o jantar, continuando a provar os vinhos à discrição.

Se no cocktail me dediquei principalmente a provar alguns brancos, à mesa virei-me para os tintos, seguindo algumas sugestões que me iam chegando. Tive oportunidade de provar um excelente Conde de Vimioso Reserva 2012, que desde logo prometeu ser o vinho da noite, pela pujança, corpo, estrutura, profundidade e persistência demonstradas.

Outro dos tintos provados foi o Mythos 2013, do Casal da Coelheira, encorpado e robusto mas com algumas arestas; provei também o Marufa Reserva 2011, um monocasta de Syrah com aroma intenso a especiarias, alguma tosta e boa concentração na boca; e finalmente o Casal da Coelheira Reserva 2013, com as mesmas castas do Mythos (Touriga Nacional, Touriga Franca e Cabernet Sauvignon) mas muito mais elegante e domado.

Nos brancos provámos ainda um Galileu 2015, um lote de Sauvignon Blanc e Arinto, que foi uma boa surpresa, com uma frescura que se tem tornado uma marca dos brancos do Tejo nos últimos anos.

Durante o jantar, que constou de trouxa de bacalhau com puré de grão e couve lombarda, coxa de pato com polenta de espargos, cogumelos e azeitona preta em redução de vinho tinto, e trilogia de doces do Tejo, foram sendo anunciados a intervalos regulares os premiados nas várias categorias. Destaque para os prémios de excelência, atribuídos aos vinhos Casal da Coelheira Private Collection Branco 2015, do Casal da Coelheira, e Conde de Vimioso Reserva tinto 2012, da Falua – a estrela que mais brilhou na nossa mesa...

Na nota de imprensa divulgada pela CVR Tejo são anunciados os principais premiados:

Com o prémio Empresa Excelência foi distinguida a Adega Cooperativa do Cartaxo, enquanto o Prémio Empresa Dinamismo foi atribuído à Adega Cooperativa de Benfica do Ribatejo, tendo sido Pedro Gil considerado o Enólogo do Ano 2015.

Concorreram 141 vinhos e 36 produtores na sétima edição do Concurso de Vinhos Engarrafados do Tejo, que tem como principal objectivo promover os Vinhos do Tejo, e cujas provas se realizaram no Museu Rural e do Vinho do Cartaxo, nos dias 10 e 11 de Fevereiro.

No âmbito deste concurso foram atribuídas 34 medalhas de ouro e 14 de prata.

Na categoria de Melhores Brancos da Colheita de 2015 o primeiro classificado foi o Cabeça de Toiro Reserva Branco 2015, do produtor Enoport United Wines, seguido pelo Casal da Coelheira Private Collection Branco 2015 (Casal da Coelheira) e pelo Conde de Vimioso 2015 (Falua).

Quanto aos Melhores Rosés da Colheita de 2015, Terra de Lobos Rosé 2015, do produtor Casal Branco, ficou em primeiro lugar, seguindo-se Cabeça de Toiro Reserva Rosé 2015 (Enoport United Wines) e @batista´s Colheita Selecionada Rosé 2015 (Pitada Verde).

Por sua vez, foram também revelados os resultados do Concurso “Tejo Gourmet”, cuja edição 2015 decorreu de 3 a 25 de Outubro, contando com a participação de 41 restaurantes. O concurso continua a desafiar a restauração de todo o país a preparar as melhores receitas harmonizadas com Vinhos do Tejo e este ano distinguiu os restaurantes participantes com 20 diplomas de ouro, 18 de prata e 10 condecorações especiais.

As condecorações especiais foram atribuídas a 11 restaurantes devido ao desempenho que apresentaram em critérios específicos considerados pelo júri.

Deste modo, o prémio “Revelação” foi atribuído aos restaurantes Beef & Wines (Funchal) e Dois Petiscos (Santarém). A distinção “Melhor Promoção” foi para o restaurante O Marisco (Albufeira), e o prémio de “Melhor Carta de Vinhos” foi atribuído ao restaurante Veneza (Albufeira).

Os prémios “Melhor Cozinha de Autor”, “Melhor Tradicional” e “Melhor Internacional” foram entregues aos restaurantes Taberna Ó Balcão (Santarém), Copo 3 (Cartaxo) e Calça Perra (Tomar), respectivamente.

Quanto às receitas propriamente ditas, o troféu “Melhor Entrada” foi para o restaurante Taverna do 8 ó 80 (Nazaré), o prémio “Melhor Prato Principal” foi entregue ao restaurante Sala de Corte (Lisboa) e o Café Alentejo (Évora) recebeu o prémio “Melhor Sobremesa”.

O restaurante Chalet Vicente, no Funchal, recebeu este ano o troféu “O Melhor Restaurante”.


A lista completa dos vinhos premiados pode ser consultada no site da CVR Tejo.

No blog Avinhar, um dos presentes no evento e meu comparsa na 3ª edição do Bloggers Challenge, está a lista completa de premiados no Concurso de Vinhos Engarrafados e os restaurantes distinguidos no Tejo Gourmet 2015.

Foi uma noite agradável, onde tive oportunidade de reencontrar alguns velhos conhecidos destas andanças vínicas e provar bastantes vinhos que ainda não conhecia. Agradeço, por isso, à Confraria Enófila Nossa Senhora do Tejo e à Comissão Vitivinícola Regional do Tejo pelo convite que nos endereçaram, e que permitiu confirmar através do lote de vinhos em presença que existe um novo Tejo vinícola que em nada fica a perder para outras regiões muito mais faladas. Os vinhos do Tejo renasceram, refizeram-se e trouxeram uma nova imagem para o mercado – a imagem da qualidade a bom preço, que é a que mais importa.

Daqui enviamos os nossos votos de sucesso para a região, e as felicitações pelo bom trabalho que tem sido realizado.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Sem comentários: