terça-feira, 15 de setembro de 2015

No meu copo 475 - Quinta de Cidrô Reserva, Chardonnay 2014

Depois de há algumas semanas termos tido oportunidade de provar por duas vezes o Sauvignon Blanc da Quinta de Cidrô, chegou depois a vez do Chardonnay, cuja última prova tinha surpreendido pela positiva.

Como não podia deixar de ser, tem um perfil completamente diferente. Não está demasiado marcado pela madeira, tem um aroma com alguma tosta e apresenta uma boa persistência, com uma boa acidez a conferir-lhe frescura. É o típico branco de meia estação ou de Inverno, vocacionado para pratos mais exigentes embora a sua frescura o torne mais polivalente.

A minha preferência vai inevitavelmente para o Sauvignon Blanc, mas este Chardonnay acabou por marcar pontos nas minhas escolhas, e já entra com alguma facilidade nas opções de escolha. É um dos poucos brancos de Chardonnay portugueses e fermentados em madeira que não me desagradam, o que não deixa de ser um excelente sinal.

A Real Companhia Velha parece ter encontrado o caminho certo para o posicionamento da sua vasta gama de vinhos, que melhoram a olhos vistos de dia para dia. Vale a pena continuar a explorar este vasto portefólio e experimentar os vários monocasta, brancos e tintos, provenientes da Quinta de Cidrô, sem descurar incursões aos vinhos das outras quintas.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Vinho: Quinta de Cidrô Reserva, Chardonnay 2014 (B)
Região: Douro
Produtor: Real Companhia Velha
Grau alcoólico: 14%
Casta: Chardonnay
Preço em hipermercado: 8,92 €
Nota (0 a 10): 8

Sem comentários: