sábado, 14 de março de 2015

No meu copo 438 - Paço dos Cunhas de Santar, Vinha do Contador 2005; Quinta de Cabriz, Touriga Nacional 2004

Tínhamos estes vinhos há alguns anos na garrafeira, juntamente com outros de gama alta, e achámos que era chegada a hora de abri-los. Já tínhamos provado o Vinha do Contador branco e tinto noutras ocasiões, nomeadamente nalguns encontros do #daowinelover. Nesta prova fizemos uma parelha entre dois produtos da Dão Sul já com alguma idade.

O Paço dos Cunhas de Santar Vinha do Contador apresentou-se encorpado e estruturado mas bastante equilibrado. No primeiro ataque mostrou-se bastante recolhido, mas foi-se libertando e surpreendeu pela exuberância aromática e persistência. Muito volumoso e vigoroso na boca, com as notas de madeira muito discretas a dar complexidade e personalidade ao conjunto. Um grande vinho, como já se sabia, que a idade ajudou a domar. Precisa de tempo para se libertar, é um vinho para degustar lentamente ao longo duma noite e ir descobrindo toda a sua complexidade e panóplia de aromas.

O Quinta de Cabriz Touriga Nacional (ainda com a designação antiga, onde constava a palavra “quinta”) apareceu inicialmente discreto e algo simples no aroma, parecendo ficar ofuscado pelo parceiro de ocasião, mas foi abrindo lentamente com o passar do tempo e terminou com alguma exuberância aromática. Apresenta uma cor granada intensa mas é algo pesado na boca, tornando-se um pouco cansativo na prova. A Touriga Nacional impõe-se com as suas características florais mas o teor alcoólico confere alguma doçura que acaba por ofuscar o resto do conjunto. Aliás, é uma característica que parece manter-se neste vinho pelos anos fora, e que quanto a mim o penaliza na comparação com os outros monocasta do universo Dão Sul, e em particular os da Casa de Santar. Não é dos vinhos mais atractivos da casa neste segmento.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Região: Dão
Produtor: Dão Sul, Sociedade Vitivinícola

Vinho: Paço dos Cunhas de Santar, Vinha do Contador 2005 (T)
Grau alcoólico: 14,5%
Castas: Alfrocheiro, Tinta Roriz, Touriga Nacional
Preço: 44,80 €
Nota (0 a 10): 9

Vinho: Quinta de Cabriz, Touriga Nacional 2004 (T)
Grau alcoólico: 15%
Casta: Touriga Nacional
Preço: 14,18 €
Nota (0 a 10): 8

Sem comentários: