segunda-feira, 22 de setembro de 2014

No meu copo 404 - Tapada da Torre 2007

Para finalizar esta pequena passagem pelos vinhos algarvios, um tinto da zona de Alvor, proveniente do mesmo produtor que o Alvor Singular, que já aqui provámos mais de uma vez.

Esta garrafa foi adquirida pelo Politikos há uns anos, precisamente numa garrafeira de Alvor. Ficou à espera de oportunidade para ser bebida, mas esta foi passando, até que decidimos que era hora de abri-la. E surpreendeu pela positiva.

Dos vinhos algarvios que tenho vindo a provar, normalmente os brancos agradam mais que os tintos, pois apresentam uma frescura e uma acidez agradáveis, enquanto alguns tintos se mostram algo doces, tornando-se enjoativos. Não foi o caso deste. Nem a passagem do tempo de lhe fez mossa, pelo contrário.

Apresentou-se com boa cor, rubi algo carregado, de boa saúde no nariz, com aroma intenso a frutos vermelhos, algum floral e um ligeiro toque a especiarias, com um conjunto muito vivo na boca. Foi estagiado em meias-pipas de carvalho, apresentando-se bem estruturado e com boa persistência.

Agradou à totalidade dos provadores, pelo que não nos importaremos de repetir.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Vinho: Tapada da Torre 2007 (T)
Região: Algarve (Portimão)
Produtor: Quinta do Morgado da Torre
Grau alcoólico: 13,6%
Castas: Trincadeira, Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon, Syrah
Preço: 12,50 €
Nota (0 a 10): 7,5

Sem comentários: