domingo, 10 de março de 2013

Na Wine O’Clock 11 - Casal de Santa Maria

 

De regresso à Wine O’Clock, tivemos oportunidade de provar os vinhos da vinha mais ocidental do continente europeu, localizada na região de Colares a cerca de 1 km da Praia da Adraga e a 2 km do Cabo da Roca.

Propriedade do Barão Bruemmer, que começou na viticultura em 2005, já com a provecta idade de 94 anos, desta vinha saem alguns vinhos brancos e tintos muito interessantes, que fogem ao padrão da moda e podem marcar a diferença no mercado.

Apresentada por dois jovens enólogos, a prova decorreu em ambiente bastante simpático e descontraído, tendo-nos sido dada a possibilidade de provar dois brancos e quatro tintos, marcados por uma suavidade e delicadeza pouco vistos nos tempos actuais, a que a proximidade do mar não será alheia, complementados por grau alcoólico moderado. Destaque para um tinto de Pinot Noir e um branco de Sauvignon Blanc, este com um carácter vegetal um pouco marcado em demasia, mas com essa opção assumida expressamente pelos enólogos de modo a diferenciar-se da concorrência.

Não dispondo dum grande volume de produção, há um longo caminho para andar e um nicho de mercado para explorar. O potencial existe e o público interessado também.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Sem comentários: