domingo, 20 de julho de 2008

Na Wine O’Clock 5 - Com a Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo




Numa das habituais provas de sábado de manhã, desloquei-me mais uma vez com o Politikos à Wine O’Clock para provar os vinhos da Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo. Anterior propriedade da Burmester, começou há alguns anos a produzir os seus vinhos autonomamente, ao mesmo tempo que desenvolvia um projecto de enoturismo.

Situada perto do Pinhão, a Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo tem vindo a afirmar o seu nome recentemente através duma gama de vinhos que vão desde os brancos e rosés até aos tintos e vinhos do Porto. Nesta apresentação tivemos oportunidade de provar um total de 9 vinhos: o 3 Pomares branco, rosé e tinto, que constituem a entrada de gama, vinhos relativamente simples e fáceis de beber; o Grainha branco e tinto, vinhos já com alguma complexidade situados num patamar médio em que o tinto se apresenta com uma relação qualidade/preço muito interessante; o Quinta Nova tinto e o Quinta Nova Reserva, estes já num patamar superior em que o Reserva precisa de mais tempo para se mostrar na plenitude; e finalmente dois exemplares de vinhos do Porto, um Ruby Reserva e um Vintage, dois bons exemplares dos melhores Portos.

Claro que a curta duração destas provas não permitem grandes dissertações sobre os líquidos provados e não propriamente degustados, mas pudemos ficar com uma ideia aproximada do que podem valer. Neste sentido pareceu-nos que o Grainha talvez seja a melhor aposta, sem descurar o Reserva. Os dois vinhos do Porto também pareceram muito bem conseguidos, em especial o Ruby que tinha quase um perfil de LBV.

Curiosamente, esta Quinta Nova era um local que eu tinha considerado como hipótese para fazer um passeio na altura dos feriados de Junho, pelo que esta prova veio aguçar um pouco mais o apetite para conhecer o local. Enquanto isso não acontece, vamos ficar com estas referências para uma apreciação mais demorada quando for possível.

Mais informações em http://www.quintanova.com/

Kroniketas, enófilo visitante

Sem comentários: