terça-feira, 18 de março de 2008

No meu copo 169 - Tenuta la Fuga, Brunello di Montalcino 2000

Este vinho foi comprado há cerca de um ano no Club del Gourmet do Corte Inglês, após uma prova de vinhos italianos apresentados por Vítor Siborro, da Semidivinus, importadora de vinhos italianos. Na altura pareceu-nos o mais bem conseguido e com potencial para aguentar algum tempo. Custou 42,50 € divididos por 3.

Agora resolvemos abrir a garrafa e não nos arrependemos. Nem de a abrir nem de a ter comprado. A dúvida era se devíamos esperar mais algum tempo, mas a ocasião mostrou-se assisada. Revelou-se um vinho muito longe dos vinhos italianos mais comuns, fáceis de beber mas sem grande encanto. Este apresentou-se bem encorpado, com um aroma ainda fechado e grande complexidade na prova de boca, os aromas frutados que porventura tivesse possuído já transformados em algo mais complexo, com algum fumo no fundo e na boca mostrou-se com estrutura e taninos mas redondo, a fazer lembrar algumas características da nossa Trincadeira, com um final prolongado e persistente. Mostrou ainda estar ali para durar mais uns bons anos, mas estava em plena forma para ser bebido.

Brunello di Montalcino é uma variante da casta Sangiovese cultivada na região da Toscana, a sul de Siena, com boa aptidão para o envelhecimento. Montalcino é precisamente o nome de uma localidade situada ao sul de Florença.

Foi uma boa experiência com um vinho de grande categoria, que valerá a pena repetir qualquer dia.

tuguinho e Kroniketas (com Politikos), enófilos e tudo

Vinho: Tenuta la Fuga, Brunello di Montalcino 2000 (T)
Região: Toscana (Itália)
Produtor: Tenuta la Fuga (Montalcino - Siena)
Grau alcoólico: 13,5%
Casta: Brunello di Montalcino
Preço: 42,50 €
Nota (0 a 10): 9

Sem comentários: