terça-feira, 30 de outubro de 2007

No meu copo 142 - Casal dos Jordões, Touriga Francesa 1999

Comprei este vinho há seis anos e na altura decidi guardá-lo e ver como estaria algum tempo depois. Decidi abri-lo agora.

Este é um vinho de produção biológica, o que por si só não garante vinhos de excepção.

Contrariamente ao que se devia fazer, não o decantei, visto ser só eu a bebê-lo – se fosse decantado estragar-se-ia muito rapidamente; assim, com a rolha de vácuo, foi possível mantê-lo durante vários dias e degustá-lo completamente.

Quando o verti para o copo a cor, granada, surgiu forte, não revelando sinais de velhice. O aroma, discreto, apresentou odores complexos fruto da evolução e um ligeiro bafio que logo se desvaneceu.

Na boca mostrou fruta de caroço muito madura (ameixa, predominantemente), com taninos presentes mas redondos e madeira muito suave. O corpo primou pela elegância – este vinho não nos tenta esmagar com a sua força, antes nos tenta convencer pela astúcia. O fim de boca foi médio, mas persistente, ajudado pelos taninos ainda presentes.

Este Casal dos Jordões Touriga Francesa é pois um bom vinho do Douro, que joga na discrição o que outros apostam na exuberância. Embora, como se pode constatar pela nota de prova, o vinho estivesse óptimo ainda, bebê-lo com dois anos a menos seria o que eu aconselharia aos leitores.

tuguinho, enófilo esforçado

Vinho: Casal dos Jordões, Touriga Francesa 1999 (T)
Região: Douro
Produtor: Arlindo da Costa Pinto e Cruz
Grau alcoólico: 12%
Castas: Touriga Francesa
Preço em feira de vinhos: 12 €
Nota (0 a 10): 7,5

Sem comentários: