quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Na minha mesa 789 - Maria do Mar (Portimão)




Este foi descoberto há um ano, mas já tem algum prestígio. É um espaço diferente, com um conceito diferente: todos os petiscos são baseados em conservas de peixe, uma indústria que foi florescente na cidade nas décadas de 60, 70, 80...

No pós-25 de Abril, como outras actividades que entraram em crise devido às mudanças socioeconómicas, a indústria das conservas de peixe foi decaindo até se tornar apenas uma recordação para o Museu ou para atracções turísticas. O local onde durante décadas pontificou a fábrica de conservas Feu, na chamada “estrada da Rocha” (a estrada que era a principal ligação entre a cidade e a praia da Rocha) está agora ocupado com uma construção de condomínios de férias.

O que este pequeno espaço (não alberga mais de 30 pessoas) situado na tradicional Rua Direita (quase em frente à tradicional Carvi) evoca é precisamente a época áurea da indústria das conservas de peixe, oferecendo ao cliente um conjunto de opções que passam pelas bruschetas, tibornas e hambúrgueres, baseados em sardinha e cavalas.

Todos os petiscos são servidos com uma boa dose de vegetais (sobretudo alface), muito alho, cebola e azeite. Os temperos mediterrânicos tradicionais.

Vale a pena experimentar, mesmo que para isso seja preciso esperar um bocado na rua. Como não há reserva de lugares, é preferível ir cedo.

É um local diferente onde se deve ir de espírito aberto para novas experiências.

Kroniketas, gastrónomo itinerante

Restaurante: Maria do Mar
Rua Direita, 89
850-626 Portimão
Preço por refeição: 10 €
Nota (0 a 5): 3,5

Sem comentários: