quinta-feira, 19 de abril de 2018

No meu copo 671 - Champanhe Taittinger Brut Réserve



É bem verdade que o champanhe é muito mais que uma bebida de celebração. Mas para comemorar 25 anos de casamento não há nada melhor do que um verdadeiro champanhe. Estou a falar do original, aquele oriundo da região de Champagne, no nordeste de França.

Se bem o pensei, melhor o fiz. Resolvi experimentar uma marca que ainda não tinha comprado. Esta casa possui um alargado portefólio de champanhes com as mais diversas características, preços, e até formatos de garrafa.

Este Taittinger Brut Réserve enquadra-se naquela gama de champanhes mais habitual, situada num valor entre 30 e 40 € no mercado português.

Não é o melhor que já bebi, mas correspondeu em pleno às expectativas. Muito suave e elegante, com bolha muito fina e mousse muito macia na boca, com aroma não muito exuberante com ligeiro toque a biscoito, final elegante e delicado.

Muito bem na sobremesa a acompanhar o delicioso Melhor bolo de chocolate do mundo.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Vinho: Taittinger Brut Réserve (B)
Região: Champagne (França)
Produtor: Taittinger - Reims
Grau alcoólico: 12,5%
Castas: Não indicadas
Preço em hipermercado: 35,89 €
Nota (0 a 10): 8,5

Sem comentários: