quinta-feira, 1 de junho de 2017

Vinho - Grandes Escolhas



No passado dia 12 de Maio foi apresentada a nova revista dedicada essencialmente ao tema do vinho: Vinho - Grandes Escolhas.

A história é conhecida dos enófilos e conta-se rapidamente. A equipa redactorial da Revista de Vinhos saiu em bloco em Março passado, deixando nas mãos da administração da Masemba o futuro da revista. Esta estabeleceu uma parceria com a Essência do Vinho que tomou conta do projecto, fazendo transitar para a RV o corpo redactorial da revista Wine, que deixou de ser publicada com este nome.

A equipa demissionária da RV, entretanto, meteu mãos à obra e criou um novo projecto a que deu o nome Vinho - Grandes Escolhas. Foi essa equipa em peso que esteve na apresentação em Montes Claros, no parque de Monsanto em Lisboa, onde se juntaram apreciadores, jornalistas, bloggers, produtores e enólogos. Usaram da palavra o director e fundador da antiga revista e agora da nova revista, Luís Ramos Lopes, e o director da área de negócios, João Geirinhas Rocha, que o acompanhou ao longo destas quase três décadas.

A expectativa era grande, o primeiro número da nova revista estava disponível e as primeiras impressões pareceram trazer alguma linha de continuidade com algumas adaptações gráficas, mantendo-se o essencial do tipo de conteúdos e trazendo algumas novidades que ainda parecem estar por estabilizar. Pelo que foi possível saber das opiniões recolhidas, o futuro promete e os mais fiéis da antiga RV vão provavelmente continuar a acompanhar a mesma equipa na nova revista.

Quanto à antiga revista com a nova equipa, após dois números publicados a polémica já anda no ar devido a algumas práticas algo questionáveis, sendo que a capa e o nome se mantiveram mas o conteúdo não tem nada a ver com o anterior. Fica a pairar a pergunta se terá valido a pena manter um nome histórico no panorama editorial do mundo vinícola em vez de simplesmente acabar com ele...

Daqui para a frente, iremos ter duas entidades a realizar eventos com nomes parecidos em datas quase sobrepostas. Esse será, provavelmente, o grande barómetro da adesão do público. Em Outubro e Novembro haverá dois “encontros com o vinho”: o antigo no mesmo local, Centro de Congressos de Lisboa, organizado pela antiga RV com a nova equipa, e um novo noutro local, a FIL no Parque das Nações, organizado pela nova revista com a antiga equipa. Para já, esta parece ter partido à frente: já organizou a 6ª edição do Festival de Vinho do Douro Superior e marcou o próximo encontro com o vinho não só para um local maior e de mais fácil acesso como para uma data anterior. Mesmo tendo montado um novo projecto em apenas dois meses, a nova Vinho - Grandes Escolhas parece ter já partido à frente.~

Boa sorte é o que lhes desejamos. Quanto à concorrência, os meses que vão decorrer até ao fim deste ano dar-nos-ão, certamente, boas pistas sobre quem vai marcar mais pontos junto dos leitores. Mas a percepção que se colhe é que a mudança de revista também vai arrastar consigo uma grande mudança de leitores. Há uma tradição que gera confiança dum lado e desconfiança do outro. A ver vamos.

Kroniketas, enófilo expectante

Sem comentários: