segunda-feira, 13 de junho de 2016

No meu copo 535 - Herdade do Perdigão Espumante Bruto 2014

Cada vez há mais espumantes disseminados pelo país. De norte a sul, do litoral ao interior, surgem espumantes um pouco por todo o lado, onde não se esperava e de produtores que não se esperava.

Não será necessariamente o caso deste que agora refiro, mas a verdade é que também na Herdade do Perdigão já se faz espumante.

Há uma boa meia-dúzia de anos encontrei em Portalegre o espumante da Tapada do Chaves, que na altura também me surpreendeu pela positiva. Também na Herdade do Esporão, no coração da planície, já encontrei espumantes brancos e rosés bastante agradáveis.

Agora, subindo novamente no mapa e para a altitude de Monforte, encontramos este feito exclusivamente com a casta Arinto. Junta-se a altitude e a casta e temos como resultado um belíssimo espumante, que não fica a dever muito aos mais conceituados.

Este espumante estagia em barricas 100% novas de carvalho francês durante 18 meses e, no mínimo, 18 meses em garrafa. Apresenta uma cor cítrica, bolha fina e persistente, com aromas a lembrar frutos secos e alguma lima. Alguma delicadeza e elegância na prova de boca, tem um final fresco e persistente.

Muito bem. Convenceu-me, pelo preço e pela qualidade. Entra para as nossas escolhas.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Vinho: Herdade do Perdigão Espumante Bruto 2014 (B)
Região: Alentejo (Monforte - Portalegre)
Produtor: Herdade do Perdigão
Grau alcoólico: 12,5%
Casta: Arinto
Preço: 11,65 €
Nota (0 a 10): 8

Sem comentários: