segunda-feira, 30 de março de 2015

No meu copo 442 - Espumante A. Henriques 70 anos 2006; Martini Brut

Aproveitando a ocasiões festivas que sempre vão ocorrendo ao longo do ano, resolvi abrir um espumante que tinha adquirido com a Revista de Vinhos, o A. Henriques em edição comemorativa dos 70 anos, e um que já conheço de outras ocasiões, o Martini Brut.

Relativamente ao primeiro, com muita pena minha devo dizer que me decepcionou. Achei-o pouco aromático, pouco elegante e pouco suave. Rústico e desinteressante. Ainda por cima tinha comprado duas garrafas, dado que a expectativa era relativamente elevada, dado que a Bairrada é um dos berços dos bons espumantes nacionais. A Revista de Vinhos incluiu-o nos melhores do ano na sua gala anual, colocando-o no patamar imediatamente a seguir aos prémios de excelência, mas a prova que fiz não me convenceu nem confirmou esse juízo. É pena, mas nem sempre se pode estar de acordo...

Quanto ao Martini, não sendo nada de extraordinário é um dos que me têm agradado, por isso tenho repetido a compra. É fresco, aromático, elegante, tem boa acidez e boa mousse, deixa uma sensação agradável no fim de boca e apetece sempre beber mais um pouco. Por isso, nesta versão ou noutra parecida, também o temos nas nossas escolhas, pois até agora, desde a primeira compra, nunca desiludiu.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Vinho: Espumante A. Henriques - Aniversário 70 anos 2006 (B)
Região: Bairrada
Produtor: Caves da Montanha
Grau alcoólico: 12,5%
Castas: não indicadas
Preço com a Revista de Vinhos: 8 €
Nota (0 a 10): 5

Vinho: Espumante Martini Brut (B)
Produtor: Martini & Rossi (Itália)
Grau alcoólico: 11,5%
Castas: não indicadas
Preço em hipermercado: 7,98 €
Nota (0 a 10): 8

Sem comentários: