quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

No meu copo 427 - Horta da Palha, Touriga Nacional 2008

Terminamos esta viagem por terras do Alentejo em Benavila, no concelho de Avis, na Fundação Abreu Callado, próximo da barragem do Maranhão.

Temos aqui um monocasta de Touriga Nacional, a casa da moda em todo o lado, mas com um resultado que não é espectacular. Por muito boa que seja a Touriga Nacional, querer impô-la em todo o lado nem sempre resulta, principalmente se for a solo em vez de integrada num lote.

Sendo um vinho já com 6 anos, e portanto com tempo de garrafa suficiente para haver uma boa integração dos aromas e polir arestas, apresentou-se algo linear na prova de boca, aroma pouco exuberante, corpo algo delgado e final curto. As notas de violeta e flor de laranjeira estão presentes mas de forma muito discreta, com pouca expressividade.

Não é um mau vinho, longe disso. Bebe-se com facilidade, mas não encanta nem surpreende. Deixa-nos mais ou menos neutros e sem grandes memórias do que estava dentro da garrafa.

Talvez esta aposta na Touriga Nacional não seja a mais aconselhada. Também já começa a fartar...

Kroniketas, enófilo esclarecido

Vinho: Horta da Palha, Touriga Nacional 2008 (T)
Região: Alentejo (Avis)
Produtor: Fundação Abreu Callado
Grau alcoólico: 14%
Casta: Touriga Nacional
Nota (0 a 10): 6

Sem comentários: