domingo, 12 de outubro de 2014

Na minha mesa 409 - Restaurante O Funil (Lisboa)

Situado na zona chamada de Avenidas Novas da capital, este restaurante é um clássico lisboeta que só há poucos anos tive oportunidade de conhecer por dentro. Há poucos anos foi alvo de uma remodelação, pelo que o que antes era a entrada para o restaurante passou a ser entrada para o balcão, abrindo-se agora outra porta ao lado que dá acesso directo à sala de refeições do 1º andar, cujo acesso se fazia internamente.

No 1º andar a sala é separada ao meio pelo acesso das escadas, pelo que se pode optar por uma de duas zonas separadas, uma com janelas sobre a rua, a outra mais interior.

Ao entrar, o ambiente que se respira é desde logo o de um restaurante de nível acima da média. A decoração da sala, das mesas, tudo indica um ambiente recatado. No entanto, à hora de almoço é bastante frequentado (estamos no coração de Lisboa e numa zona onde funcionam muitos serviços), tornando-se muito mais calmo e intimista à hora de jantar, com uma luz repousante e difusa.

A ementa é bem fornecida, conquanto não demasiado extensa. Destaca-se uma variedade apreciável de pratos de bacalhau, com realce para o “bacalhau à Funil” (uma espécie de variante do bacalhau com natas) e o “bacalhau com broa”, recheado com espinafres. Das vezes que lá fui optei sempre por um destes pratos, ambos muito bem conseguidos e apaladados.

A carta de vinhos é bem fornecida, tendo sido justamente aqui que travei conhecimento com os brancos Follies da Aveleda, e onde tive oportunidade de provar quer o verde Alvarinho quer o bairradino Chardonnay e Maria Gomes, ambos já aqui apreciados noutra ocasião.

O serviço não é a despachar, demora o seu tempo, pelo que quem lá for convém que não vá à pressa. É um restaurante onde vale a pena ir numa ocasião mais calma, para desfrutar do ambiente e saborear os acepipes. E convém não ir a pensar numa refeição barata, porque também não será.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Restaurante: O Funil
Avenida Elias Garcia, 82
1050 Lisboa
Tel: 21.796.60.07
Preço médio por refeição: 30 €
Nota (0 a 5): 4,5


Actualização a Fevereiro de 2017: o restaurante mudou de aspecto e de estilo, já nada tendo a ver com o perfil tradicional de antes.

Sem comentários: