segunda-feira, 25 de agosto de 2014

No meu copo 399 - Fiúza, Cabernet Sauvignon e Touriga Nacional 2011

Subitamente, a surpresa. Temos aqui elogiado frequentemente os rosés do Tejo, com destaque para o Quinta da Alorna e o Fiúza, pelas suas características de frescura, secura e leveza, grau alcoólico moderado e equilíbrio entre corpo, estrutura e aroma. Ainda recentemente aqui referi positivamente dois brancos da casa muito agradáveis.

Sem que nada o fizesse prever, esta colheita de 2011 do Fiúza, mantendo o lote de Touriga Nacional e Cabernet Sauvignon foi uma completa decepção. Falta-lhe frescura, exuberância aromática, persistência e acidez. Mostrou-se algo doce, liso, chato e simples.

Não sei se foi azar com a garrafa, uma colheita menos feliz, ou se o produtor mudou o método de concepção do vinho. Se for este o caso, temo que estejamos perante o abandono duma receita de sucesso para optar por um caminho que poderá levar antes ao fracasso. Porque este, definitivamente, não é o Fiúza rosé de que eu gosto e que recomendo.

Se as próximas colheitas continuarem a ser assim, está condenado a ser riscado da minha lista de compras.

Kroniketas, enófilo desiludido

Vinho: Fiúza, Cabernet Sauvignon e Touriga Nacional 2011 (R)
Região: Tejo (Almeirim)
Produtor: Fiúza & Bright
Grau alcoólico: 13%
Castas: Cabernet Sauvignon, Touriga Nacional
Preço em feira de vinhos: 4,99 €
Nota (0 a 10): 5

Sem comentários: