terça-feira, 19 de agosto de 2014

No meu copo 398 - Frei João rosé 2011

Continuando na linha dos vinhos de Verão, provámos este rosé das Caves São João, um vinho barato e com uma cor salmão aberta que se vê logo na garrafa.

As expectativas não eram muito elevadas, mas ao ver no contra-rótulo a informação de que tinha sido produzido apenas com Touriga Nacional o pensamento mudou, porque esta casta, para além da invasão nos tintos de norte a sul, tem-me proporcionado alguns encontros com os melhores rosés do país (posso citar os exemplos dos ribatejanos Quinta da Alorna e Fiúza, este em lote com o Cabernet Sauvignon, e dos durienses Vallado e Quinta de Cidrô, já aqui referidos noutros posts e no post anterior).

Dentro dessa linha, confirmou-se que a Touriga permite fazer vinhos rosados muito aromáticos, suaves, macios e nada pesados. Com um ligeiro aroma floral, típico da casta, e notas de framboesa e morango no paladar, é medianamente encorpado e com um final fresco, suave e agradável.

É um vinho feito para agradar e que não desilude, antes pelo contrário: pelo preço que custa, até supera as expectativas. Vale a pena experimentar.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Vinho: Frei João 2011 (R)
Região: Bairrada
Produtor: Caves São João
Grau alcoólico: 12%
Casta: Touriga Nacional
Preço em feira de vinhos: 2,49 €
Nota (0 a 10): 7,5

Sem comentários: