segunda-feira, 26 de maio de 2014

No meu copo 384 - Champanhe G. H. Mumm Brut Cordon Rouge

Na expectativa de comemorar o inédito “triplete” do Sport Lisboa e Benfica, e na falta de bilhete para assistir ao jogo no Estádio Nacional, eu e o tuguinho juntámo-nos para assistir à final da Taça de Portugal Benfica-Rio Ave via televisão, e preparámos uma garrafa de champanhe para abrir no fim.

Depois da vitória, sofrida mas saborosa, abrimos a garrafa deste champanhe G. H. Mumm Cordon Rouge, um dos poucos que estavam disponíveis na garrafeira do Continente (como a garrafa foi comprada no próprio dia, não houve tempo para ir a outro local procurar maior variedade de marcas).

A verdade é que não ficámos nada mal servidos com este G. H. Mumm: bolha fina, corpo muito elegante, excelente acidez, persistência e frescura na boca e aquela finesse que só os genuínos champanhes conseguem mostrar, situando-se ao nível dos melhores que já tivemos oportunidade de provar – e não têm sido assim tantos. Tendo em conta o preço, será mesmo uma das melhores escolhas, uma vez que outras marcas de renome já estão, frequentemente, acima dos 40 €. E como estávamos em modo de festejo, o néctar borbulhante ainda nos soube melhor.

Para futuras ocasiões, quando for necessário comprar um champanhe, o G. H. Mumm passa a ser uma opção a ter em devida conta.

tuguinho e Kroniketas, os diletantes preguiçosos em festejo de triplete com bolhinhas

Vinho: G. H. Mumm Champagne Brut Cordon Rouge (B)
Região: Champagne (França)
Produtor: G. H. Mumm & CIE - Reims
Grau alcoólico: 12%
Castas: Não indicadas
Preço em hipermercado: 36,99 €
Nota (0 a 10): 9

3 comentários:

Paulo Sousa disse...

Boa noite,
Um excelente Champanhe que necessita de uma ótima companhia.
http://www.wivini.com/index.php/champanhe-mumm-cordon-rouge-brut.html
www.wivini.com a 30,55€

Paulo Sousa disse...

http://www.wivini.com/index.php/champanhe-mumm-cordon-rouge-brut.html a 30.55€

João Silva disse...

Conferi o preço Champanhe Mumm Cordon Rouge Brut na wivini e "bate" certo.

Cps.
João Silva