sábado, 10 de maio de 2014

No meu copo 380 - Consensus branco 2012

De vez em quando temos sido brindados com alguns lançamentos interessantes com o número mensal da Revista de Vinhos, nalguns casos com marcas que são difíceis de encontrar noutras ocasiões e noutros locais.

Pela segunda vez, depois de uma colheita de 2009, calhou-nos este branco Regional Lisboa da DFJ Vinhos, tal como já nos tinha calhado um belo rosé que não voltámos a encontrar por aí à venda.

Este Consensus, feito com três partes de Arinto para uma de Chardonnay, tem quase tudo para, como prediz o rótulo, ser consensual. Tem metade de Arinto fermentado em inox, sendo a outra metade dividida em partes iguais entre Arinto e Chardonnay, que foram vinificadas separadamente em barricas novas de carvalho francês. Desta curiosa combinação escolhida pelo produtor e enólogo José Neiva Correia resultou um vinho apelativo, elegante, equilibrado e suave mas com uma boa estrutura na boca e uma suave mineralidade. No aroma apresenta alguma predominância cítrica a par com um toque de tropical, com um ligeiro toque a madeira muito discreto tanto na boca como no nariz.

Voltou a confirmar a boa aptidão da região Lisboa para a produção de brancos frescos e aromáticos. Devido à acidez e frescura do conjunto, é um vinho que pode ser bem apreciado com entradas leves ou pratos de peixe requintados e delicados. Não parece vocacionado para pratos muito pesados e com temperos fortes.

Usando o selo que a Revista de Vinhos costuma aplicar nos vinhos que são objecto de prova, eu daria a este o selo de “boa compra”... se o encontrarem.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Vinho: Consensus 2012 (B)
Região: Lisboa (Alenquer)
Produtor: DFJ Vinhos
Grau alcoólico: 12,5%
Castas: Arinto, Chardonnay
Preço com a Revista de Vinhos: 6 €
Nota (0 a 10): 8

Sem comentários: