quinta-feira, 4 de setembro de 2008

No meu copo 198 - Prova Régia 2006; Bucellas Caves Velhas 2006

Estes dois brancos são obrigatórios na minha garrafeira todos os anos. Agora com uma imagem renovada, o Prova Régia 2006 quase esgotou o ano passado nas feiras de vinhos, tal a procura que teve devido a um preço imbatível.

O que dizer deste campeão de vendas da Quinta da Romeira? Que está mais ou menos sempre como se espera, com aquela acidez refrescante do Arinto, com um toque floral e com notas de fruta tropical juntamente com algum citrino, bom para a piscina ou a esplanada mas também para uns bons petiscos de peixe ou marisco. No entanto, talvez surpreenda ao dizer que esta colheita me pareceu algo inferior às anteriores. Costuma ser um vinho que consegue ser estimulante na prova de boca sem deixar de ser leve, mas ou eu não estava nos melhores dias ou faltou-lhe ali qualquer coisa.

Sem deixar de ser uma boa aposta, porque nunca nos deixa ficar mal ao mesmo tempo que tem um preço bastante atractivo, pareceu-me faltar-lhe frescura. Não sei se terei oportunidade de voltar a esta colheita, até porque já está no mercado a de 2007, mas para já vou deixar esta apreciação sob alguma reserva, acreditando que pode ter sido apenas uma baixa de forma passageira.

Já o Bucellas Caves Velhas 2006 (que agora pertence à Enoport) parece estar cada vez melhor. Enquanto o Prova Régia pareceu descer, o Bucellas pareceu subir. Uma frescura notável na boca, com notas citrinas bem marcadas com final floral, a par com uma acidez muito equilibrada, tudo envolto num amarelo brilhante e ligeiramente esverdeado. A sua frescura permite-lhe servir tanto para acompanhar peixes e mariscos como para ser bebido como aperitivo ou até mesmo apenas como bebida refrescante num dia de Verão. Neste caso acompanhou na perfeição uma salada de marisco. Um excelente branco para todas as ocasiões, cada vez mais incontornável e indiscutível no meu “top 5” dos brancos nacionais.

A Revista de Vinhos já tinha apresentado esta colheita como um dos melhores Bucelas dos últimos 20 anos, e bem merece o encómio. Aliás, já tive oportunidade de experimentar também o de 2007 e pareceu-me ainda melhor. É um branco incontornável para os apreciadores da casta Arinto.

Kroniketas, enófilo refrescado

Região: Bucelas

Vinho: Prova Régia, Arinto 2006 (B)
Produtor: Quinta da Romeira - Companhia das Quintas
Grau alcoólico: 12,5%
Casta: Arinto
Preço em feira de vinhos: 2,97 €
Nota (0 a 10): 7

Vinho: Bucellas Caves Velhas 2006 (B)
Produtor: Caves Velhas - Enoport
Grau alcoólico: 12%
Castas: Arinto (90%), Rabo-de-Ovelha
Preço em feira de vinhos: 3,49 €
Nota (0 a 10): 8,5

Sem comentários: