segunda-feira, 1 de setembro de 2008

No meu copo 197 - Quinta de D. Carlos 2004

De regresso das férias, aproveito para pôr em dia alguma escrita atrasada enquanto não saem os posts das provas de Agosto.

Não conhecia esta Quinta de D. Carlos, que fica ali para os lados de Alenquer. Este vinho foi uma aposta do tuguinho no desconhecido que parecia ser interessante, mas a verdade é que não foi muito bem sucedida.

Este vinho da Estremadura apresentou-se com álcool em excesso e desequilibrado, ao mesmo tempo adstringente em demasia, ou seja, se há vinhos que nos agradam mais e outros menos mas raramente, hoje em dia, se encontra um vinho do qual que se possa dizer claramente “não gosto”, neste caso foi mesmo isso que aconteceu. Andei por ali às voltas com ele insistentemente e não lhe consegui encontrar nada para elogiar.

Daqui se conclui que não basta ter a matéria-prima, é preciso saber trabalhá-la. Neste caso tivemos um lote de Cabernet Sauvignon e Syrah, que teoricamente tinha tudo para dar certo, mas por alguma razão o resultado não foi famoso.

Kroniketas, enófilo regressado

Vinho: Quinta de D. Carlos 2004 (T)
Região: Estremadura (Alenquer)
Produtor: Quinta de D. Carlos
Grau alcoólico: 14,5%
Castas: Cabernet Sauvignon, Syrah
Preço em feira de vinhos: 4,72 €
Nota (0 a 10): 3

Sem comentários: