segunda-feira, 28 de maio de 2007

No meu copo 116 - Escolha António Saramago 2001

Abrimos este vinho num jantar futeboleiro de Sábado, em conjunto com um Quatro Castas do ano anterior. Acabámos por fazer uma prova cruzada ao longo do jantar, ora provando um, ora provando outro.

Apesar de ser um bom vinho, decepcionou-nos um pouco. A cor, se bem que retinta, já resvalava para um vermelho cansado. Mostrou corpo e veludez, como quase todos os vinhos alentejanos, e foi na boca que se mostrou mais envelhecido, com sabores terciários que não esperávamos encontrar. Melhorou com a permanência no copo mas não se alcandorou ao nível que esperávamos, perdendo mesmo para o Quatro Castas mais velhito.

Em suma, um bom tinto alentejano mas não excepcional, e que não convém ter tanto tempo em garrafa como nos querem fazer crer, visto que esta colheita nos surgiu nas feiras de vinhos do ano transacto. Se o encontrarem a tempo, bebam-no com um máximo de 4 anos de vida - presumo que vos dará maior prazer.

tuguinho, enófilo esforçado

Vinho: Escolha António Saramago 2001 (T)
Região: Alentejo
Produtor: António Saramago
Grau alcoólico: 14%
Preço em feira de vinhos: 8,97 €
Nota (0 a 10): 7

Sem comentários: