domingo, 29 de abril de 2007

No meu copo 110 - Barolo

E agora outro vinho italiano, uma das marcas mais conceituadas do país. Os vinhos Barolo, assim como os vizinhos Barbaresco, são produzidos na região de Piemonte, no extremo norte de Itália, e usam essencialmente a casta Nebbiolo.

Apesar das expectativas, voltou a não me encher as medidas. O perfil é o habitual, aberto, macio e com algum corpo. Embora se note alguma estrutura de fundo e algum frutado, o aroma é pouco exuberante e o final é curto.

A casta Nebbiolo supostamente produz vinhos de grande longevidade, mas não me pareceu ser o caso deste, que talvez seja da gama mais baixa.

Bebe-se bem com carnes grelhadas e talvez seja um bom tinto de verão. Em resumo, é bom… ma non troppo.

Kroniketas, enófilo esclarecido


Vinho: Lorenzo Sormani Barolo (T)
Região: Piemonte (Itália)
Produtor: Lorenzo Sormani - Gattinara
Grau alcoólico: 13%
Casta: Nebbiolo
Preço: desconhecido
Nota (0 a 10): 7

Sem comentários: