segunda-feira, 9 de janeiro de 2006

No meu copo 8 - Cava Codorníu


Para finalizar a época festiva de 2005 falta apenas referir mais um espumante usado num repasto. Perante a vasta oferta que nesta época sempre aparece nos supermercados, há muito por onde escolher e neste caso, deixando de lado o champanhe francês (não pode ser todos os dias) optou-se pelo preço, uma caixa de 2 garrafas a 5,99 €. Tratava-se do espumante Codorníu, de origem espanhola, que ali recebe o nome de Cava.

É um espumante (bruto, naturalmente) que tem bastantes semelhanças com os melhores espumantes que se fazem por cá. Tomando sempre como referência o Murganheira, posso dizer que este Codorníu não envergonha. É leve, suave, com bolha fina, agradável para uma ocasião festiva como se pede a um espumante.

Para quem quiser fazer saltar a rolha mas saborear uma bebida agradável por bom preço entre os festejos, pode deixar de lado a rivalidade ibérica e comprar este espumante espanhol.

Kroniketas, enófilo esclarecido

Vinho: Cava Codorníu espumante bruto - sem data de collheita (B)
Região: Penedès (Espanha)
Produtor: Codorníu S. A. - Barcelona
Grau alcoólico: 11,5%
Preço em hipermercado: 5,99 € (caixa de 2 garrafas)
Nota (0 a 10): 7

Sem comentários: