domingo, 4 de fevereiro de 2018

Na minha cozinha 651 - Bifes de novilho à “frère Jacques”

- Bifes de novilho (lombo ou vazia se possível, mas de boa qualidade)
- Sal
- Pimenta em moinho
- Alho
- Margarina
- Sumo de limão
- Mostarda (não de Dijon)
- Leite ou natas
- Ervas de Provence
- Um cálice de whisky


Compre bifes de novilho de boa qualidade, se possível altos. Tempere com sal, pimenta (de preferência moída na hora) e alho.

Leve a fritar em margarina em lume forte, deixe selar rapidamente dos dois lados e reduza para lume médio.

Junte mostarda (não muito forte), sumo de limão e leite ou natas para fazer o molho. Deixe continuar a fritar em lume brando. Retire do lume ainda mal passados.

Junte ervas de Provence ao molho e deite um cálice de whisky. Ponha o lume no máximo e deixe ferver para evaporar o whisky e engrossar o molho, agitando sempre a frigideira para o leite/natas não coalhar.

Quando o molho estiver com boa consistência e não souber demasiado a álcool volte a juntar os bifes, juntamente com o sangue que entretanto tiver escorrido da carne, e passe-os pelo molho em lume brando durante 1 minuto. Deixe mal passados ou retire do lume com a carne ainda rosada – quanto mais passados estiverem mais rija fica a carne.

Acompanhe com batatas fritas e com um vinho tinto medianamente encorpado e não demasiado adstringente – prefira um mais delicado que robusto para combinar com os vários sabores do molho.

Bon appétit.

Kroniketas, enófilo de avental

Sem comentários: